Por que Han Solo foi barrado de aparecer em Star Wars: A Guerra dos Clones?

George Lucas, criador da franquia, era contra diversas aparições, mas, no final, apenas Han Solo foi banido permanentemente

Redação Publicado em 17/03/2021, às 17h46

None
Han Solo (Foto: Reprodução/George Lucas Films)

Star Wars: A Guerra dos Clones (2008) contou com diversas aparições dos personagens dos filmes, mas George Lucas — quem teve influência criativa forte na produção — proibiu Han Solo de participar. As informações são do ScreenRant.

Lucas disse ao co-roteirista de A Guerra dos Clones, Henry Gilroy: Chewbacca, Boba Fett, Jabba, oHutt e Han Solo estavam proibidos. No desenvolvimento da série, mudou de ideia sobre os três primeiros, mas Han nunca conseguiu espaço.

+++LEIA MAIS: Harrison Ford estrelar como Han Solo em Star Wars foi só um acidente de pura sorte

O criador de Star Wars provavelmente não impediria a presença rápida do Han Solo jovem. Assim, é possível concluir como a decisão pode ter sido de Gilroy e Dave Filoni, outros roteiristas.

A Guerra dos Clones focava nos Jedi e soldados clone. Os outros personagens banidos, portanto, apenas apareceram porque suas narrativas tinham proximidade com as forças Imperiais. Han, por outro lado, relatou nunca ter conhecido um Jedi ou ter visto evidências da Força.

+++LEIA MAIS: Star Wars: 4 fatos sobre Han Solo que não fazem o menor sentido

Existiam planos para incluir o Han Solo jovem em Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith (2005), mas a ideia foi abandonada antes das filmagens começarem. Anos mais tarde, Han Solo: Uma História Star Wars (2018) finalmente conta a história do personagem.

A decisão de Lucas de não incluir Han em A Guerra dos Clones foi benéfica, porque impediu contradições, protegeu a continuidade da história e possibilitou maior desenvolvimento da trajetória do personagem no spin-off.


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ LAGUM: 'BUSCAMOS SER GENUÍNOS' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL