McCartney III - Imagined é uma festa experimental e contemporânea com convidados magníficos de Paul McCartney [REVIEW]

Disco da trilogia autointitulada ganha um novo formato com participações impecáveis: Dominic Fike, Phoebe Bridgers, Ed O'Brien e mais

Isabela Guiduci Publicado em 16/04/2021, às 09h30

None
Capa do McCartney III (Foto: Reprodução)

Paul McCartney sabe como impressionar - e, não seria diferente ao reimaginar o McCartney III. Ao lado de convidados magníficos, o 'novo' disco, intitulado McCartney III - Imagined, apresenta remixes satisfatoriamente experimentais e de uma contemporaneidade impecável - com traços de psicodelias espalhados ao longo de todo o álbum.

As onze faixas do terceiro autointitulado da discografia, o McCartney III, lançado em dezembro de 2020, foram repensadas para integrarem o McCartney III - Imagined. Ao refletirem a personalidade e identidade musical das parcerias, as músicas ganharam um novo e contemporâneo formato.

+++LEIA MAIS: Direto da fazenda: novo disco de Paul McCartney é rústico e divertido [REVIEW]

Dentre os nomes convidados estão o guitarrista do Radiohead Ed O'Brien, Anderson .Paak, Phoebe Bridgers e muitos outros. Em uma mescla de diversas sonoridades e elementos dos mais variados gêneros - pop, soul, rock, R&B e mais -,McCartneyentrega ao mundo nesta sexta, 16, o projeto ousado e moderno McCartney III - Imagined

É fato que Paul McCartneysempre foi à frente do tempo. Com um talento incomparável e uma sensibilidade artística inigualável, o músico se permite experimentar os mais diversos elementos e gêneros, explorar sonoridades e testar a criatividade em níveis viscerais - desde os anos com os Beatles

+++LEIA MAIS: Como master de Sgt. Pepper's Lonely Hearts, dos Beatles, mudou a história da música [FLASHBACK]

Esta unicidade poderosa de McCartney fica visível ao longo das onze faixas remixadas, dispostas a encontrarem o melhor de cada um dos convidados. Dessa vez, portanto, o músico é acompanhado das identidades musicais de cada um dos artistas. Em meio às semelhanças e divergências encaixadas em único projeto, o disco é essencialmente singular. 

McCartney III - Imagined é um álbum expansivo, emocionante e deliciosamente contemporâneo. Como o próprio ex-Beatle conta, a ideia era, de fato, trazer os elementos particulares de cada um dos convidados e entregar o controle completo das músicas para os colaboradores decidirem os novos formatos. 

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney e Nancy Shevell estão casados há quanto tempo?

O resultado é um disco experimental com convidados magníficos, escolhidos a dedo por Paul McCartney - do rock de Ed O'Brien e Josh Homme, do Queens of The Stone Age, ao R&B de Blood Orange. Com uma tracklist composta por marcantes elementos, artistas e canções, McCartney III - Imagined é uma viagem fascinante.  

Para abrir o álbum, "Find My Way", em parceria com Beck, foi a escolhida. A faixa animada, guiada por linhas de baixos, brinca com elementos eletrônicos que remetem à psicodelia e os combina com flertes ao groove do funk.

+++LEIA MAIS: Os 500 Melhores Álbuns de Todos os Tempos da Rolling Stone

Em sequência, recursos clássicos do R&B acompanham "The Kiss Of Venus", que ganhou a cara - e vocais - de Dominic Fike. Repleta de detalhes sonoros, a música é conduzida por um riff de guitarra completamente envolvente. 

Interpretada por Paul McCartney, a alucinante "Pretty Boys", reimaginada pelo trio Khruangbin, apresenta fortes referências do soul clássico, dub e psicodelia - costumeiros da banda. A música é uma viagem sonora expansiva e mágica.

+++LEIA MAIS: Qual música dos Beatles mudou tudo para Paul McCartney?

"Women and Wives" com St. Vincent é um clássico rock and roll - a encantadora faixa soa como um ponto de encontro entre as sonoridades de Paul McCartney e St. Vincent. Para potencializar a magnitude, é apoiada pela interpretação vocal de McCartney e por vocais de apoio em um coro poderoso. 

Mais de R&B no disco aparece na releitura de Blood Orange de "Deep Down" - com falsetes e guitarras finas conduzidos pela intensa bateria. Os dois cantores dividem os vocais em um remix deslumbrante e contemporâneo. 

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney reflete sobre os 40 anos da morte de John Lennon: 'É muito difícil para mim'

Logo após, McCartney III - Imaginedganha as cores do mundo caótico e complexo apresentado na discografia de Phoebe Bridgers. A versão de "Seize The Day" interpretada pela cantora poderia ser facilmente uma faixa de Punisher, disco dela lançado em 2020.  

Paul McCartney não traria apenas uma faixa que contempla rock clássico, é claro. Em uma colaboração maravilhosa com o guitarrista do Radiohead, Ed O'Brien, e com o músico e produtor Paul Epworth, "Slidin'" entrega um frescor tradicional do rock and roll, com muita guitarra e uma aproximação a elementos psicodélicos. 

+++ LEIA MAIS: Beatles: Como foi o último encontro entre George Harrison e Paul McCartney?

Uma das versões mais contemporâneas de McCartney III - Imagined é a parceria com Damon Albarn - músico de bandas como Blur e Gorillaz. "Long Tailed Winter Bird" é um dub de experimentações fascinantes em uma complexa faixa instrumental, que lembra muito a icônica estética sonora do Gorillaz

Josh Homme, do Queens of The Stone Age, junta-se a Paul McCartneypara a versão de "Lavatory Lil". A música traz um atraente, convidativo, maduro e bem-construído rock and roll, refletindo a experiência de ambos no consagrado gênero musical. 

+++LEIA MAIS: Dave Grohl conheceu AC/DC graças a Paul McCartney: 'Uma das melhores noites da minha vida'

Com Anderson .Paak, "When Winter Comes" é um lo-fi soul interpretado pelo icônico cantor norte-americano. Leve, suave e encantadora, a faixa antecede a última viagem intensa e psicodélica do disco. 

Para fechar a aventura pelas mais diversas sonoridades modernas, expansivas e características, a longa "Deep Deep Feeling" ganhou um remix magnético de 11 minutos do artista britânico, Robert Del Naja, conhecido como 3D

+++LEIA MAIS: Carta de Paul McCartney sobre 'dívida' de cobertor vai a leilão

A música final é uma festa experimental repleta de elementos contemporâneos, que curiosamente representa muito bem a proposta ousada e grandiosa de todo o McCartney III - Imagined. É incrível acompanhar um projeto de um artista com mais de 50 anos de carreira, que mostra maestria ao se reinventar. 

Mesmo único e excêntrico, o disco aposta no mais moderno formato da indústria musical - o "feat", as famosas colaborações musicais. Com um olhar moderno e artístico para as parcerias, as canções transbordam individualidades ao combinar as mais diversas e espetaculares estéticas musicais. 

+++LEIA MAIS: 5 músicas famosas processadas por plágio: de Beatles a Miley Cyrus [LISTA]

Não é à toa que Paul McCartney segue sendo um artista fascinante aos 78 anos - e McCartney III - Imaginedevidencia mais uma das complexas dimensões fantásticas trazidas pelo músico ao longo da influente e prestigiada discografia. Seja com rock clássico ou se aventurando em outras sonoridades, o artista sabe entregar um disco potente e poderoso. 

McCartney III - Imagined já está disponível em todas as plataformas digitais.


+++ LAGUM | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL