Como Han Solo sabotou plano de Palpatine e salvou Kylo Ren em Star Wars: O Despertar da Força?

Kylo Ren escapou do Lado Sombrio da Força depois de atitude do pai

Marina Sakai (sob supervisão de Isabela Guiduci) Publicado em 26/04/2021, às 18h49

None
Han Solo (Foto: Reprodução) / Kylo Ren (Foto Reprodução/Lucasfilm)

Palpatine, Lorde Sith e um dos principais antagonistas da franquia StarWars, tinha um plano secreto para Kylo Ren. O filho de Han Solo serviu o Líder Supremo Snoke por anos, mas Palpatine acreditava que ainda não era devoto ao lado sombrio da Força. Para torná-lo leal, Kylo Ren deveria matar o próprio pai, contudo, a intenção não gerou o resultado esperado.

Ao matar Han Solo, uma vítima inocente, Kylo Ren estaria completando algo parecido com um ritual Sith de iniciação, e seguiria como um vilão sem redenção. No entanto, Han sabotou o plano de Palpatine, sentiu o conflito dentro do filho e se ofereceu como sacrifício para trazer paz a ele.

+++LEIA MAIS: Han Solo sendo Han Solo: relembre comentário hilário de Harrison Ford sobre fantasmas em Star Wars

Apesar de ter sido um ato terrível - afinal, Kylo Ren assassinou o próprio pai -, houve amor envolvido por parte de Han. Um ano depois, Ben Solo deixou o lado sombrio, redimiu-se e reconheceu a herança boa deixada pelo pai.

A morte de Han Solo em Star Wars: O Despertar da Força (2015) refletiu a de Obi-Wan Kenobi em Star Wars: A Nova Esperança (1977). Kenobi se tornaria um poderoso Fantasma da Força e avisou Darth Vader antes de morrer. Han, mesmo após a vida, seria quem traria o filho de volta ao lado bom da Força.

+++LEIA MAIS: Livro de Star Wars revela quem seria o responsável por Ben Solo se transformar em Kylo Ren


+++ FBC E VHOOR | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL