54 anos de Kurt Cobain: relembre os shows mais icônicos do Nirvana [LISTA]

Show no Rio de Janeiro foi o maior - e um dos piores - realizados pela banda

Gabriela Piva | @gabriela_piva (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 20/02/2021, às 15h00

None
Relembre shows icônicos do Nirvana. (Foto: Reprodução/Instagram)

Não tem como falar de Nirvanasem pensar em Kurt Cobain. Com um legado de músicas atemporais, o vocalista da banda icônica do grunge completaria 54 anos neste sábado, 20.

O Nirvana também era conhecido pelas apresentações marcantes até na pior fase da banda. Plateias inteiras cantavam cada palavra de “Come As You Are” ou “Smells Like Teen Spirit.” (Como aconteceu na vinda do grupo ao Brasil: o maior show da carreira dos artistas, no Rio de Janeiro, também foi um dos mais caóticos.)

+++ LEIA MAIS: Fotógrafo encontra imagens inéditas de um dos primeiros shows do Nirvana no Reino Unido

Cobainmorreu no dia 5 de abril, em 1994, e deixou a filha, Frances Bean, e a então esposa, Courtney Love, aos 27 anos. Porém, a curta trajetória do cantor foi o suficiente para torná-lo um ícone de jovens desajustados da década de 1990. Inclusive, segundo entrevista da filha à Rolling Stone EUA, Cobain se tornou maior depois de morrer. 

A quantidade de ouvintes mensais do Nirvana nas plataformas de streaming quase 30 anos após seu fim é só uma prova disso. A banda acumula mais de 16 milhões de fãs no Spotifye quase 1 bilhão de plays em "Smell Like Teen Spirit," do disco Nevermind. Aproveite a data e relembre os shows mais icônicos - entre melhores e piores - do Nirvana:

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


São Paulo

Dave Grohl, Krist Novoselic e Kurt Cobain tocaram para uma plateia insana, em 1993, no estádio do Morumbi, em São Paulo. Apesar de icônico pela sua grandeza, o show ficou marcado como um dos piores da banda.

Pablo Miyazawa esteve na apresentação e, segundo um relato publicado pela Rolling Stone Brasil, o desempenho do vocalista não foi nada bom. Para o jornalista, não era necessário ser um grande conhecedor musical para perceber o fracasso da noite.

+++ LEIA MAIS: 7 bandas que pararam shows para salvar fãs: Queen, Nirvana e Linkin Park

"Empatia com a audiência zero: Kurt Cobain, nem um pouco loiro, não deu muita bola pra gente desde o início," escreveu antes de falar sobre a lentidão do show. "Não era preciso entender muito de rock ou ter visto muitos shows ao vivo para saber que algo não ia bem. Estava lento. Demais," completou.

O evento foi tão bizarro a ponto de Cobain não terminar de cantar as músicas. Flea, do Red Hot Chili Peppers, até tocou junto com o Nirvana, mas nem isso foi o suficiente para salvar a tão aguardada apresentação do grupo no Brasil.

+++ LEIA TAMBÉM: Há 20 anos, O Surto fazia versão excêntrica de Californication, do Red Hot Chili Peppers [FLASHBACK]


Rio de Janeiro

A apresentação para 100 mil pessoas no Rio de Janeiro foi caótica, mas um pouco melhor do que a de São Paulo. O público também cantava as letras de todas as canções da banda e demonstrava amor peloNirvana.

+++ LEIA MAIS: Com um Kurt Cobain irreconhecível, Nirvana toca "School" em gravação rara de 1988; assista

Em entrevista ao programa de Jimmy Fallon, Grohl e Novoselic elegeram o show no Rio de Janeiro, em 1993, como o maior da carreira. No entanto, a expressão de "vergonha" do vocalista do Foo Fighters foi evidente. 


MTV Unplugged

O show do Nirvana no MTV Unplugged é, de longe, um dos mais famosos da emissora e da banda. A popularidade da apresentação aconteceu, principalmente, devido à setlist criativa e ao cenário diferenciado.

Deixar grandes hits, como "Smell Like Teen Spirit" e "In Bloom," de fora da lista de canções apresentadas não foi um problema. Em vez de divulgarem seu novo disco, In Utero, os integrantes adicionaram covers ao repertório como "The Man Who Sold The World," de David Bowie, e "Jesus Doesn't Want Me For A Sunbeam", de The Vaselines.

+++ LEIA MAIS: Por que o MTV Unplugged do Nirvana é tão popular?

Cobain também pediu para a produção incluir lustres, velas e cortinas ao cenário. Porém, não foi a única diferença do show em comparação a outros artistas: segundo a produtora executiva Alex Coletti, o Nirvana só precisou filmar uma única vez. 

O MTV Unplugged do Nirvana se tornou icônico por mais uma questão: o lançamento do álbum ao vivo aconteceu após a morte de Cobain. MTV Unplugged in New York estreou em novembro de 1994. 

+++ LEIA MAIS: MTV Unplugged: os 15 melhores shows acústicos da série norte-americana

O disco desbancou o rei do pop, Michael Jackson, e estreou em 1º lugar na Billboard 200, além dos diversos certificados de platina ao redor do mundo. O MTV Unplugged do Nirvana também foi aclamado pela crítica e provou, mais uma vez, a importância do grupo na história da música. 


Reading e Leeds Festival

A passagem doNirvana por Reading e Leeds Festival, em 1992, revolucionou o evento. Isso porque Cobain brincou com boatos sobre sua saúde, e entrou no palco com uma cadeira de rodas e roupas de hospital. Depois do susto, o público ficou eufórico.

+++ LEIA MAIS: De Nirvana a Public Enemy: os shows mais revolucionários na história do festival Reading & Leeds

As consequências da atitude do vocalista respingaram em Grohlanos mais tarde:Foo Fighters tocou diversas vezes no festival devido ao sucesso da apresentação com Nirvana

+++ KANT: 'AQUELES QUE NOS DÃO MAIS ATENÇÃO SÃO OS QUE MAIS CRITICAM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL