Das HQs ao primeiro trailer: Conheça Shang-Chi, primeiro herói asiático do MCU

Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis estreia dia 3 de setembro de 2021

Redação Publicado em 19/04/2021, às 15h34

None
Pôster de Shang-Chi

Nesta segunda, 19, a Marvel Studios divulgou o primeiro trailer do longa-metragem Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, dirigido por Destin Daniel Cretton e previsto para chegar nos cinemas no dia 3 de setembro de 2021.

Interpretado pelo ator sino-canadense Simu Liu, o personagem está prestes a se tornar o primeiro herói e protagonista asiático do Universo Cinematográfico da Marvel, que também se aventura de forma inédita no universo das artes marciais - se não considerarmos a produção televisiva Punho de Ferro, da Netflix.

+++LEIA MAIS: 7 sitcoms para assistir se você gostou de WandaVision [LISTA]

Pensando nisso, a Rolling Stone Brasil fez uma linha do tempo para entender a origem do personagem nas HQs e a adaptação dele para o MCU. Confira:

HQs

Inspirado em Bruce Lee, Shang-Chi foi criado na década de 1970 por Jim Starlin e Steve Englehart, de acordo com o Screen Rant. Criado pelo pai, Fu Manchu, um criminoso imortal, o personagem foi treinado para ser um mestre do kung fu.

+++LEIA MAIS: Marvel revela como foi o primeiro encontro do Homem-Aranha com Rocket nas HQs - e é hilário

Porém, em uma das missões, Shang-Chi é obrigado a matar um homem indefeso e decide se voltar contra o pai. Vale notar, que o personagem não possui poderes e utiliza apenas as habilidades de luta dele, as quais, às vezes, envolvem o uso de armas, como espadas.


Primeira tentativa de live-action

De acordo com o Entertainment Weekly, Stan Lee tentou produzir uma adaptação cinematográfica protagonizada pelo herói, o qual seria interpretado por Brandon Lee, na década de 1980. Contudo, o projeto não foi desenvolvido.

+++LEIA MAIS: Kevin Feige quer mais personagens LGBTQ+ na Marvel - mas isso vai mesmo acontecer?


Destin Daniel Cretton

Curiosamente, o diretor Destin Daniel Cretton não tinha interesse por filmes de super-heróis, mas mudou de ideia quando viu a Marvel anunciar um filme de Shang-Chi. Para dar vida ao personagem, o cineasta se livrou de alguns estereótipos das HQs para criar uma versão atual do herói.

“Quando você olha para o personagem de Shang-Chi nos quadrinhos dos anos 1970 e 1980, o fato de ele existir e o fato de ser um personagem asiático era incrível. Mas, ao mesmo tempo, há aspectos dessa representação dele que podem parecer um pouco estereotipados. Então, quando começamos a mapear quem era esse personagem e como seria a jornada dele ao longo do filme, fomos todos muito sensíveis para não permitir que ele caísse em território estereotipado," disse Cretton em entrevista à Entertainment Weekly.

+++LEIA MAIS: Pantera Negra 2 é o filme 'mais difícil da minha vida profissional,' diz Ryan Coogler


Uma história familiar no MCU

No MCU, o pai de Shang-Chi é o Mandarim, personagem que foi mencionado em Homem de Ferro 3. No filme, Trevor Slattery (Ben Kingsley) se passa pelo vilão e é desmascarado.


Trailer

No mesmo dia do aniversário de Simu Liu, a Marvel divulgou o primeiro trailer de Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis, que também conta com Michelle Yeoh, intérprete de Jiang Nan; Awkwafina como Katy; Tony Leung, intérprete de Wenwu, Fala Chen como Jiang Li; RonnyChieng; Meng’er Zhang e Florian Munteanu no elenco.

+++ LEIA MAIS: Falcão e o Soldado Invernal: Qual o significado da cena pós-créditos do Episódio 5?

No clipe, conhecemos um pouco sobre a história de origem do herói e vemos ele em ação em diversos cenários, além de vários vilões, um deles mascarado e outro com uma espada brilhante, o qual pode ser Razor Fist, segundo o Screen Rant.

+++ HAIKAISS | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL

+++ MAIS SOBRE CINEMA: 4 filmes e séries para conhecer a carreira de Steven Yeun, estrela de Minari

Há 10 anos, Steven Yeun via a carreira dele decolar em Hollywood. Aos 28 anos, o ator ganhava destaque e se tornava uma figura querida pelos fãs com o papel de Glenn Rhee na série The Walking Dead (2010).

Mas, antes do início da ascensão profissional, Yeun precisou correr contra o tempo. Filho de pais coreanos, ele inicialmente seguiu o plano da família para se tornar médico e se formou em psicologia, com especialização em neurociência, na universidade Kalamazoo, nos Estados Unidos, onde viveu desde aproximadamente os quatro anos.

+++ LEIA MAIS: Oscar 2021: Na fronteira com documentário, Nomadland faz um retrato multifacetado da vida na estrada [REVIEW]

Apesar de não gostarem da ideia do filho se tornar ator, os pais de Yeun deram dois anos para ele conseguir se estabelecer no ramo artístico. Então, Yeun se mudou para Chicago e trabalhou com Jordan Klepper, com quem teve contato na universidade.

Mais tarde, Yeun se mudou para Los Angeles, onde participou de comerciais, fez um teste para um piloto da ABC e conseguiu um pequeno papel em The Big Bang Theory (2007), o qual antecedeu a estreia dele em The Walking Dead. Tudo isso em apenas seis meses, de acordo com o relato do próprio ator para a Interview Magazine.

+++LEIA MAIS: Oscar 2021: O anseio pelo sentido do existir em O Som do Silêncio [REVIEW]

Desde então, Yeun apareceu em diversas séries, como Law & Order: LA (2010) e A Lenda de Korra (2012). E, nos cinemas, ele atuou com cineastas renomados, como Bong Joon-ho e Lee Isaac Chung, que dirigiu Minari (2020).

Com a performance de Jacob Yi, um pai de família que faz uma aposta arriscada para tentar construir não só uma fazenda, mas deixar uma herança para a família nos Estados Unidos, Yeun recebeu indicações no SAG Awards, Critics' Choice Awards e Oscar.

+++ LEIA MAIS: Oscar 2021: Por que prestar atenção na trilha sonora de Relatos do Mundo?

Aos 37 anos, Yeun fez história como o primeiro artista asiático-americano a ser indicado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas na categoria Melhor Ator. Pensando nisso, a Rolling Stone Brasil listou quatro produções para conhecer a carreira do ator e entrar no clima da 93ª cerimônia do Oscar. Confira:

The Walking Dead (2010)

Como dito anteriormente, Yeun deu vida a Glenn Rhee em The Walking Dead, um dos sobreviventes que se destaca na luta contra os antagonistas. Yeun deixou a série na sétima temporada após o personagem dele ser morto.

+++LEIA MAIS: Yuh-Jung Youn, de Minari, brinca com fama de 'esnobe' dos britânicos no BAFTA 2021; entenda


Okja (2017)

Dirigido por Bong Joon-ho, Okja conta a história de uma garota que embarca em uma série de aventuras para salvar seu super porco de estimação, com o qual conviveu desde a infância. No longa-metragem, Yeun interpreta um ativista chamado K.


Em Chamas (2018)

Neste filme de Lee Chang-dong, Yeun vive um homem misterioso que se envolve com a jovem Hae-mi e causa uma estranha sensação no amigo dela, Jong-soo, que passa a suspeitar cada vez mais dele.

+++LEIA MAIS: Oscar 2021: 4 filmes para conhecer a carreira de Yuh-Jung Youn, indicada por Minari [LISTA]


The Twilight Zone (2019)

The Twilight Zone é uma série desenvolvida e narrada por Jordan Peele, na qual cada episódio explora uma história diferente. No quarto capítulo, Yeun interpreta um viajante misterioso que se torna cada vez mais suspeito durante uma festa de Natal.